Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My life cupboard

My life cupboard

As conversas das vizinhas

por Anabela, em 07.02.13

De manhã ao acordar, e abrir a janela para deixar o sol entrar no meu quarto, e no meu espirito, ouvi a conversa da minha vizinha ao telemóvel. OK, eu sei que é coscuvilhice. Falava de um homem que a quis conhecer, e enquanto falava comportava-se como se tivesse 15 anos. Posto isto, lembvrei-me de começar a analisar o comportamento de várias mulheres que conheço, em diferentes fases da vida.

Durante esta minha longa análise percebi, que no que toca aos homens (nós mulheres) comportamo-nos como se fossêmos simples adolescentes, com aquela voz patética, com risinhos entre dentes, faces coradas, e a fingir o desinteresse.

No que se refere ao amor, as mulheres dificilmente amadurecem. Estamos sempre à espera do gajo branco em cima do cavalo que nos vai levar para o mundo do "E viveram felizes para sempre!". Eu acredito, piamente, que esta é uma influência que nos é incutida pelas histórias que ouvimos em pequenas. Onde nada é real! Porque razão não foi criado um livro que contasse o que se passa depois do "e viveram felizes para sempre"?

Acontece o comodismo, a monotonia, as discussões....

Mas também temos a segurança que só uma pessoa que ama pode sentir. Onde aconteça o que acontecer, a pessoa que está connosco nos vai apoiar e estar lá para o bom e para o menos bom. Pois, porque o menos bom também existe e faz parte da nossa existência!

Maneiras que já chega de teorias por hoje. Depois regresso com mais algumas.

Até logo!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D